Loading
#SEJAMEGA

Capital Humano é o que faz tudo funcionar

Nem sempre foi assim, mas graças às mudanças na visão das organizações com relação ao indivíduo, têm-se dado a devida importância a valorização dos colaboradores. A isso chamamos de Gestão Humanizada.

No mundo corporativo, onde a tecnologia é praticamente igual para todos, o diferencial torna-se as pessoas. O Capital mais rico das organizações.

Ao longo das décadas, os processos que englobam experiências, habilidades e conhecimentos, reafirmam que o sucesso se dá no elo entre o conhecimento e a estratégia.

Peter Druker, considerado o pai da administração moderna e que inspirou mentes brilhantes como Bill Gates e Henry Ford, destaca a importância do trabalho em equipe quando cita: “são as equipes e não o esforço de um indivíduo que se constituem na unidade de trabalho”.

Por muitos anos, os indivíduos eram vistos como se fossem máquinas programadas para trabalhar, pressionados a deixar de ser quem eles eram para tornarem-se quem a empresa queria que eles fossem. Isso certamente gera perda de identidade e frustração. Quem perde suas características não sabe mais como atuar de forma autêntica, pessoal e humanizada. Muito menos como atuar em equipe.

As empresas que ainda agem assim estão perdendo espaço porque, para um cliente sentir confiança num produto ou serviço, ele precisa ser bem atendido por uma pessoa que, por sua vez, precisa estar bem consigo mesma e feliz por fazer parte de um time. Isso a torna confiante e consciente do seu papel dentro do grupo para entender que cada cliente chega com uma necessidade, com um senso de urgência e uma expectativa.

A gestão humanizada tem ainda um importante papel na manutenção do ambiente de qualidade. Proporcionar esse ambiente, é primordial. Colaborador valorizado produz mais e melhor.

Porém nem sempre é fácil. É possível que haja resistência a mudanças, tanto por parte da liderança quanto por parte dos próprios colaboradores. O desafio de um líder está em extrair o que cada integrante tem de melhor e convencer as pessoas a trabalharem juntas por um objetivo comum.

Gerir pessoas requer conhecê-las mais profundamente. Algumas das alternativas adotadas por empresas de sucesso são: investir em conversas construtivas, proporcionar momentos de descanso e ocasiões que permitam um maior entrosamento. São ações que demonstram respeito por seus funcionários. E consideração e respeito são uma via de mão dupla.

Podemos ainda observar, em corporações adeptas a gestão humanizada, desde ganhos estratégicos até uma mudança de status. Ou seja, como ela é vista no mercado profissional, atraindo a atenção de bons clientes e de profissionais qualificados.

Uma boa maneira de começar a aderir a gestão humanizada é colocando em prática: a observação, a aproximação e a adaptação.

Observando os colaboradores o gestor entende suas necessidades diárias.

A aproximação é importante pois deve ser criada uma conexão verdadeira entre o líder e a equipe. Os colaboradores devem sentir liberdade para se expressar e suporte para trabalhar.

A adaptação da empresa às necessidades dos colaboradores é de suma importância. Entender as necessidades individuais, as necessidades corporativas e criar um elo entre elas é talvez o maior desafio.

O Grupo Megavig valoriza seu Time, consciente de que ele é, sem dúvida, seu maior patrimônio.  

Grupo Megavig. Com toda segurança, a sua melhor escolha.